Pedagogia da Max visita exposição em Itaici

Mostra itinerante contou a história da Companhia de Jesus

Os alunos do curso de Pedagogia visitaram, na semana passada, a exposição itinerante Jesuítas: Paixão e Glória, que conta a história da Companhia de Jesus no mundo e que foi sediada pelo Mosteiro, em Itaici.

Dividida em nove ambientes, sendo alguns deles interativos, a mostra contou a história da maior ordem religiosa da Igreja Católica, que reúne mais de 18 mil jesuítas em atuação em 130 países dos cinco continentes. Entre as atrações uma reprodução do afresco de Andrea Pozzo (irmão jesuíta e artista italiano), pintado no teto da igreja de Santo Inácio, em Roma (Itália).

Para a coordenadora do curso, Suzana Fritelli, esta foi uma experiência única que os alunos tiveram de conhecer a influência dos jesuítas na educação brasileira. “Através da linha do tempo apresentada na exposição, conhecemos a trajetória revolucionária nas áreas social, educacional e cultural do seu fundador Santo Inácio de Loyola. A companhia marca fortemente a sua atuação pelo ‘ensinar a pensar’, característica essa tão presente nas discussões pedagógicas dos dias de hoje”, salienta.

A exposição segue agora para várias capitais, entre elas Belo Horizonte, Florianópolis, Juiz de Fora, Recife e São Paulo.

Conheça o novo coordenador do curso de Ciências Contábeis

João Barduchi fala sobre o curso, futuro da profissão e como tornar-se um profissional bem-sucedido

O professor João Barduchi está à frente, a partir deste semestre, da coordenação do curso de Ciências Contábeis. Professor da casa há muitos anos, Barduchi revela que pretende dar ao curso um ritmo mais dinâmico, com ainda mais aulas práticas. Confira o bate-papo com o novo coordenador.

O que os alunos podem esperar desta nova gestão?

Na área contábil, nós aprendemos todos os dias por conta das constantes mudanças na legislação. Tenho uma proposta de um curso mais dinâmico e voltado ao mercado. Continuar lendo

Max Planck inaugura Hospital-Escola Veterinário

Com foco em pesquisas e aprendizado, campus também desenvolverá projetos sociais que incluem parceria com Ong

A Faculdade Max Planck inaugura, na próxima terça-feira, 11, em Indaiatuba, seu Hospital-Escola Veterinário. Instalado em uma área verde privilegiada, o Hospital-Escola foi projetado com dois centros cirúrgicos diferenciados, que atenderão animais de pequeno e grande porte, principalmente equinos, que são muito comuns nesta região.

 Com três mil metros de área construída, o campus inclui salas de aula equipadas, unidade ambulatorial de atendimento para pequenos animais, laboratório de patologia animal, laboratório de análises clínicas e diagnóstico por imagem, curral e baias para internação e recuperação dos pacientes. Continuar lendo

Gastronomia viabiliza estágio na Europa

Com 80% de aula prática, curso terá início no próximo dia 17 de fevereiro

O curso de Tecnologia em Gastronomia, que inicia neste semestre, preparará o aluno para atuar em todos os segmentos ligados aos setores de alimentos e bebidas, como empresas de hospedagem, restaurantes, resorts, clubes e até mesmo empresas, planejando, gerenciando e operacionalizando produções culinárias. A grade curricular do curso permitirá ao aluno sair preparado para atuar em todas as fases dos serviços de alimentação, considerando os aspectos culturais, econômicos e sociais. Além disso, ao final dos dois anos, os alunos têm a possibilidade de fazer um estágio remunerado na França. Continuar lendo

Educação Física desenvolve projeto para ‘melhor idade’

Proposta foi apresentada aos professores da secretaria de Esportes

Os alunos do 2º semestre de Educação Física realizaram, na semana passada, uma apresentação para os professores de Educação Física da secretaria municipal sobre o projeto desenvolvido para as Academias da Terceira Idade (ATI’s) e que também integrou o ENIC.

 A proposta do projeto, segundo o professor orientador, Maurício Athayde, foi ampliar o conhecimento dos profissionais do município a respeito da população e usuários destes centros. Os alunos fizeram um levantamento de dados no decorrer do semestre, além de uma pesquisa por amostragem, com os usuários do serviço.

 Atualmente são 26 pontos de Academia da Terceira Idade espalhadas pelo município de Indaiatuba.

 POR: SAMANTA DE MARTINO