Educação Física desenvolve projeto para ‘melhor idade’

Proposta foi apresentada aos professores da secretaria de Esportes

Os alunos do 2º semestre de Educação Física realizaram, na semana passada, uma apresentação para os professores de Educação Física da secretaria municipal sobre o projeto desenvolvido para as Academias da Terceira Idade (ATI’s) e que também integrou o ENIC.

 A proposta do projeto, segundo o professor orientador, Maurício Athayde, foi ampliar o conhecimento dos profissionais do município a respeito da população e usuários destes centros. Os alunos fizeram um levantamento de dados no decorrer do semestre, além de uma pesquisa por amostragem, com os usuários do serviço.

 Atualmente são 26 pontos de Academia da Terceira Idade espalhadas pelo município de Indaiatuba.

 POR: SAMANTA DE MARTINO

Pedagogia abre turma no período vespertino

Curso visa atender profissionais que trabalham em diferentes turnos

A partir de 2014 os interessados em cursar Pedagogia e que não tenham disponibilidade para fazê-lo no período noturno já podem se inscrever para o vestibular do curso vespertino da Faculdade Max Planck.

 A proposta do curso em novo horário, de acordo com a coordenadora Suzana Fritelli, é atender justamente a demanda de profissionais que tem grande interesse em ingressar em um curso de Pedagogia, mas que, em função do horário de trabalho acabam não podendo estudar. Agora em três anos, o curso manterá a mesma grade e linha pedagógica, que é formar um profissional capacitado não apenas para assumir uma sala de aula, como também cargos administrativos em ambientes escolares e não escolares. “A carga horária não muda. Manteremos todas as atividades práticas que envolvem cada semestre. A diferença é que teremos todos os horários preenchidos, o que favorece a concentração do tempo mínimo do curso”, salienta a coordenadora.

 As aulas do curso de Pedagogia vespertino, que seguem a normativa do Conselho Nacional de Educação (CNE), serão ministradas de segunda-feira à sexta-feira, das 15h às 18h30. Vale lembrar que este ano o curso ‘estrelou’ o Guia do Estudante (GE) da Editora Abril, um dos principais indicadores de qualidade dos cursos superiores do Brasil e que serve como referência para quem está prestes a ingressar em uma faculdade. Mais informações pelo telefone (19) 3885 9900.

 POR: SAMANTA DE MARTINO

Medicina Veterinária visita Aeroporto de Viracopos

Alunos conheceram o sistema de Vigilância Agropecuária Internacional

Os alunos do 6º semestre de Medicina Veterinária visitaram, na semana passada, a área de atuação do medico veterinário no Aeroporto Internacional de Viracopos, onde funciona o Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), órgão de responsabilidade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e que controla e certifica a entrada e saída do país de carga animal e vegetal.

 Durante a visita, vinculada à disciplina Medicina Preventiva, os alunos tiveram oportunidade de conversar com o chefe do Vigiagro Viracopos, André Guaragna Marcondes, que explicou como funciona o trabalho da equipe, formada por agrônomos e médicos veterinários. Ao todo 32 pessoas trabalham com o intuito de certificar e também de impedir a entrada e a disseminação de agentes de doenças ou pragas que constituam ou possam constituir ameaças à agropecuária nacional, garantindo a sanidade dos produtos e a qualidade dos insumos agropecuários importados e exportados. “Foi uma oportunidade de conhecer novas áreas de atuação e aprender como funciona o processo de fiscalização de carga animal. Ver tudo isso na prática nos ajuda a ter uma visão mais ampla sobre o trabalho do médico veterinário”, salienta a aluna Myslene Santos Tribossy.

 O Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), vinculado à Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), atua na inspeção e fiscalização do trânsito internacional não apenas de animais, como também de vegetais, seus produtos e subprodutos. A fiscalização é feita em todos os portos, aeroportos

 POR: SAMANTA DE MARTINO

Empresa de consultoria faz palestra para alunos

Auditores da Deloitte apresentaram o mercado e oportunidades no setor

Os alunos de todos os semestres do curso de Ciências Contábeis assistiram, na sexta-feira, 29, no auditório da Escola Ambiental Bosque do Saber, a uma palestra com uditores da empresa Deloitte, que oferece serviços de auditoria, consultoria tributária, consultoria, corporate finance e outsourcing para clientes selecionados.

 Durante o encontro, a auditora da Deloitte, Caroline Benites, falou sobre as oportunidades na carreira de auditor, o que o mercado espera deste profissional e como se candidatar a uma vaga na empresa. O palestrante ainda mencionou que no último processo seletivo, 128 profissionais se inscreveram sendo que apenas três deles eram contadores.

 POR: SAMANTA DE MARTINO

Contábeis realiza mesa redonda sobre Finanças

Evento reuniu alunos, comunidade, jornalista e vereadores que debateram o tema

O curso de Contábeis promoveu, na noite de quarta-feira, 4, uma mesa redonda para debater assuntos como Planejamento Familiar Financeiro e finanças de final de ano. De acordo com o coordenador do curso e também diretor da Faculdade, Pedro Stávale Júnior, a ideia era que o evento fosse interativo, que o público também participasse, diferente de uma palestra. “Neste formato o público consegue participar, tirar dúvidas, debater o assunto, e não apenas ouvir”, salienta.

O resultado foi um evento com sala cheia, cerca de 100 pessoas participaram do encontro, e um público participativo, levantando temas como o uso do cartão de crédito, negociação de dívidas, financiamentos, entre outros.

Além do coordenador, participaram da mesa os professores Carlos Alberto Dean e José Roberto Sacomani, jornalistas e os vereadores Maurício Baroni (PMDB) e Hélio Ribeiro (PSB).

POR: SAMANTA DE MARTINO

Projeto desenvolvido em sala de aula resulta em corrida de carros

Alunos da Engenharia de Produção promovem 1º GP Max Planck neste sábado

Os alunos do 6º semestre do curso de Engenharia de Produção desenvolveram, durante todo o semestre, um trabalho que resultou na construção de carrinhos de rolemã com características que visam melhor desempenho e, como encerramento da disciplina, os grupos de alunos responsáveis pelo desenvolvimento e construção dos veículos promovem, neste sábado, 7, a partir das 11h, no estacionamento do campus, o 1º GP Max Planck, uma competição entre os 10 carros confeccionados.

Os alunos foram divididos em grupos e cada grupo construiu seu carro. De acordo com o professor Alexandre Tibério, que ministra a disciplina Gestão de Projetos, o que realmente motivou a realização da corrida não foi a competição, mas sim a proposta que permitiu aos alunos desenvolverem todo o projeto, participando de todas as fases de desenvolvimento, o que permitiu aplicar na prática os conceitos da disciplina, ministrados em sala de aula. “O fator motivador desse projeto foi mostrar para os alunos como se dá a aplicação de conhecimentos, habilidades e técnicas para a execução de projetos de forma efetiva e eficaz, não se tratando apenas de uma operação de rotina, mas sim de um conjunto específico de operações destinadas a atingir um objetivo em particular, mostrando que uma equipe de projeto inclui pessoas que geralmente não trabalham juntas, permitindo que elas se unam em prol de um mesmo resultado”, ressalta o professor.

O 1º GP Max Planck acontece neste sábado, 7, a partir das 11h e será aberto ao público. Quem quiser ainda pode contribuir com a doação de um litro de leite tipo longa vida, em prol da Federação das Entidades Assistenciais de Indaiatuba (FEAI).

POR: SAMANTA DE MARTINO

Alunos apresentam TCC em escolas

Projeto tem como objetivo aproximar instituição da comunidade

O aluno do 6º semestre do curso de Educação Física, Lorimar Santos, apresentou, na semana passada, seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para alunos dos 2º e 3º anos do Ensino Médio da Escola Estadual Annunziatta Leonilda V. Prado – escola onde curso o Ensino Fundamental e Médio –, que teve como tema Xadrez como Multidisciplinaridade. O mesmo trabalho foi apresentado durante o Encontro de Iniciação Científica (ENIC) da instituição e figurou entre os trabalhos de maior destaque.

De acordo com o gestor institucional, Heleno da Silva Luiz Junior, outros 10 trabalhos que se destacaram no ENIC serão apresentados em escolas do município ainda esta semana. “Trata-se de um projeto piloto. A proposta é levarmos mais projetos para as escolas e com isso aproximarmos nossos alunos da comunidade”, salienta o gestor que também é o idealizador do projeto.

Cada aluno que teve seu Trabalho selecionado levará o projeto para ser apresentado na escola onde cursou o Ensino Médio.

POR: SAMANTA DE MARTINO